ALA Scitec - Ácido alfa-lipóico - Super Antioxidante 50 caps de 250mg

Nuevo producto

By buying this product you can collect up to 1 loyalty point. Your cart will total 1 point that can be converted into a voucher of 0,10 €.


12,21 € impuestos inc.

Añadir a la lista de deseos

Aceitamos Multibanco, Transferência, Payshop, Visa, Western Union, Boleto, Etc...
Aceitamos Multibanco, Transferência, Payshop, Visa, Western Union, Boleto, Etc...

Más

ALA - Ácido alfa-lipóico - Super Anti-Oxidante

O ALA, ácido alfa-lipóico, é um antioxidante popular porque é tanto hidrossolúvel como lipossolúvel. A nossa fórmula contém 250 mg por cápsula.

Modo de emprego: Tomar 1 cápsula por dia com as refeições. Diabeticos devem consultar o seu médico antes de usar este produto! Use este produto em conjunto com comida, como parte de uma dieta equilibrada e saudavél, não como substituto da mesma.

Informações alérgicas: Manufacturado em instalação que também processam proteínas de leite, soja e ovo, glúten e amendoins!

Apresentação: 50 cápsula - 50 doses

Ácido Alfa-lipóico: O mais poderoso antioxidante e antiinflamatório da natureza     
 
Imagine uma substância tão poderosa que pode mover-se através do corpo humano de forma rápida e indolor, unindo fissuras, acalmando a inflamação e incentivando o sistema imunológico. Imagine que esta substância realiza estes feitos surpreendentes não apenas dentro do organismo, mas também na superfície da pele. Assim é o Ácido Alfa-lipóico.
 
Ácido Alfa-lipóico e pele envelhecida     
 
Bem, como já foi dito, trata-se de uma substância capaz de movimentar-se pelo organismo humano de forma rápida e indolor, reduzindo inflamações e estimulando o sistema imunológico.

Este ácido é uma molécula completamente natural que existe dentro de cada célula de nosso corpo. Assim como a Vitamina C, o Ácido Alfa-lipóico é bem conhecido pelos cientistas há muito tempo. Ele foi descoberto em 1951 por pesquisadores que constataram que ele era um componente essencial da parte da célula responsável pela produção de energia. Também revelaram que, quando disponibilizado de forma adicional para as células vivas, ele rapidamente entra nestas células e oferece ampla proteção contra os radicais livres.
 
Sabemos que todos os antioxidantes, até certo ponto, nos protegem dos radicais livres. O que torna o Ácido Alfa-lipóico tão especial é uma pergunta que tem sido o foco do trabalho do Dr. Perricone ao longo dos últimos 10 anos, bem como encontrar os melhores usos para o Ácido Alfa-lipóico para melhorar a pele de seus pacientes. Os resultados encontrados têm sido simplesmente impressionantes.

O Ácido Alfa-lipóico é solúvel tanto em água como em óleo; é capaz de penetrar dentro e fora da célula. Em oposição às vitaminas C e E, ele pode combater radicais livres em qualquer parte da célula e até mesmo penetrar nos espaços entre as células. Outra característica do Ácido Alfa-Lipóico é sua capacidade de afetar o metabolismo. Uma vez que o Ácido Alfa-Lipóico é encontrado naturalmente na mitocôndria - a parte da célula que é responsável pela produção de energia - ele pode literalmente aumentar a velocidade de funcionamento da célula. Um nível maior de energia permite à célula ingerir mais nutrientes, remover resíduos e substituir componentes danificados. Se o metabolismo da célula é lento, como acontece ao envelhecermos, a célula não tem energia para realizar funções essenciais, como essas mencionadas acima.
O fato é que, como uma pessoa que envelhece, uma célula que envelhece tem um metabolismo mais lento, caracterizado por uma produção decrescente de energia, o que leva a uma incapacidade da auto-reparação dos danos celulares. O Ácido Alfa-lipóico é o único antioxidante conhecido que possui a capacidade de curar a célula através de sua produção de energia.

Não há dúvida de que o Ácido Alfa-lipóico tem uma capacidade inigualável de proteger nossa saúde geral, protegendo nossas células por dentro e por fora dos danos causados por radicais livres, aumentando a produção de energia dentro da célula e promovendo funções celulares saudáveis. Ele também faz maravilhas em relação a peles envelhecidas!
           
Até que ponto o Ácido Alfa-lipóico faz bem à pele?
 
● O Ácido Alfa-lipóico ajuda outros antioxidantes - tais como a vitamina C e E - a aumentarem seu tempo de vida, tornando-os mais eficientes, dando às células da pele uma proteção adicional.
● A eficiência da maioria dos antioxidantes para eliminar a inflamação é diretamente proporcional à sua capacidade de combater os radicais livres. O Ácido Alfa-lipóico tem maior poder de permanência no sistema do que outros antioxidantes.
● Evita que as células produzam elementos químicos pró-inflamatórios, provocados por radicais livres que danificam a célula e aceleram o envelhecimento.
● O Ácido Alfa-lipóico aciona a produção de enzimas que efetivamente digerem somente o colágeno já danificado, resultando na eliminação e “apagamento” de rugas e cicatrizes faciais.
● Ele se destaca dos demais por evitar que o açúcar se fixe na proteína da pele (glicação), o que faz com que a proteína estabeleça uma ligação cruzada e enrijeça. O resultado desastroso disso é uma pele sem flexibilidade. O Ácido Alfa-lipóico pode até mesmo reverter a glicação que já ocorreu, seja aplicando-o sobre a pele ou ingerindo-o (uso interno).
● Devido a seus poderes antiinflamatórios, o Ácido Alfa-lipóico reduz o inchaço no rosto (especialmente na área dos olhos), uma vez que o inchaço é causado pela inflamação.
● O Ácido Alfa-Lipóico tem a capacidade de reduzir o tamanho dos poros e o aspecto rugoso da pele devido à função de renovação de energia da célula, que normaliza a produção de óleo.


Ações para a saúde em geral:


O Ácido Alfa-lipóico aumenta o fluxo sanguíneo para os nervos e melhora a condução dos impulsos nervosos, sendo indicado no tratamento de problemas neurológicos – como dormências e formigamentos – de qualquer origem, não apenas os decorrentes do diabetes. É uma coenzima antioxidante muito eficaz, pois além de combater os radicais livres, ele regenera os tecidos lesados.
 
Alguns denominam o Ácido-lipóico de "antioxidante universal" devido a sua capacidade de combater os radicais livres tanto em locais gordurosos como locais baseados em água, tais como a pele e os músculos, pois o mesmo é solúvel tanto na água quanto na gordura. Além disso, este ácido auxilia nos efeitos de desenvolvimento de massa muscular. Atualmente, este ácido atua sinergicamente incrementando outros antioxidantes fazendo-os ficarem bem mais potentes.
 
O tratamento com o ácido alfa-lipóico diminui as concentrações de lactato (ácido láctico) e de piruvato (ácido pirúvico) no soro sanguíneo, além de melhorar a eficácia da glicose na perda de peso em pacientes obesos com diabetes do tipo 2. Ele é o único nutriente que demonstrou grande eficácia na redução da glicose.
 
A capacidade do ácido alfa-lipóico melhorar a redução da glicose é um efeito muito importante e que pode melhorar a distribuição de outros nutrientes. Imitando a insulina, este ácido aumenta a captura de glicose, pelas células musculares, em 65%. O estímulo deste transporte de glicose é realizado através da participação do ácido-lipóico na insulina. Ele provoca uma ascendente mudança na curva glicose-insulina dose-resposta. Esta é uma importante função que pode melhorar a captura de nutrientes pelas células musculares e circulação de proteínas.

Uma das indicações básicas do ácido alfa-lipóico é no tratamento de lesões neurológicas, inclusive a neuropatia diabética, uma complicação tardia da diabete que provoca dor e perda da sensibilidade nos membros. Para os diabéticos insulino-dependentes e não-insulino-dependentes o ácido alfa-lipóico vem sendo usado por mais de 30 anos na Europa para tratar a neuropatia diabética, pois ajuda a regular açúcar no sangue e previne neuropatia diabética e cardiopatia. Ele não só protege o sistema nervoso, mas também pode estar envolvido na regeneração dos nervos. 
 
O processo de envelhecimento é progressivo, mas devido às conquistas da medicina estética e do surgimento de novos ativos cosméticos, é possível recuperar o brilho, a saúde e a juventude do rosto. Foi - se o tempo em que, para dissimular as marcas dos abusos do sol ou mesmo da idade, as mulheres se escondiam sob quilos de maquiagem. Hoje, felizmente isso não é mais necessário, pois é possível tratar os defeitos e exibir uma pele bonita e saudável novamente.

Continuando....

O ácido alfa lipóico é produzido pelo organismo e pode ser encontrado em pequenas quantidades em alimentos como espinafre, brócolos, ervilha, levedura de cerveja, couves de bruxelas, farelo de arroz, e carnes de órgão. Suplementos de ácido alfa-lipóico estão disponíveis na forma de cápsulas como no presente caso. Para máxima absorção, os suplementos devem ser tomados com o estômago vazio.

Porque as pessoas usam ácido alfa lipóico?

·  Neuropatia periférica
 A neuropatia periférica pode ser causada por lesões, deficiências nutricionais, a quimioterapia ou por doenças como a diabetes, doença de Lyme, alcoolismo, herpes, doenças da tireóide e insuficiência renal.Os sintomas podem incluir dor, ardor, dormência, formigamento, fraqueza e prurido.O ácido alfa lipóico é pensado para funcionar como um antioxidante em ambos os tecidos de água e ácidos gordos, permitindo-lhe entrar todas as partes da célula nervosa e protegê-lo contra danos. Estudos preliminares sugerem que o ácido alfa-lipóico pode ajudar. Em um dos maiores estudos sobre o uso do ácido alfa-lipóico, 181 pessoas tomaram 600 mg, 1200 mg ou 1.800 mg de ácido alfa-lipóico um dia ou um placebo.  Após cinco semanas, o ácido alfa-lipóico melhora dos sintomas. A dose que era melhor tolerada e ainda trazer um benefício de 600 mg uma vez por dia.

·  Função Cerebral
O ácido alfa-lipóico pode atravessar a barreira hemato-encefálica, uma parede de minúsculos vasos e células estruturais, e passar facilmente para o cérebro. Pensa-se a proteger e tecido nervoso do cérebro, prevenindo danos causados pelos radicais livres .

·  Relacionados condições de idade
Como um antioxidante, ácido alfa-lipóico pode neutralizar os radicais livres que podem danificar as células. Danos dos radicais livres é pensado para contribuir para o envelhecimento e doenças crônicas.

·  Outras condições
O ácido alfa lipóico também tem sido sugerido para a catarata, glaucoma, esclerose múltipla, síndrome de ardência bucal, doença de Alzheimer e derrames, mas grandes estudos bem desenhados são necessários para ver se ela é eficaz para estas condições.

Efeitos Colaterais
Os efeitos colaterais do ácido alfa-lipóico podem incluir dores de cabeça, formigamento ou sensação de "alfinetadas", erupções cutâneas, ou cãibras musculares.
Houve alguns relatórios no Japão de uma condição rara chamada síndrome auto-imune à insulina em pessoas com ácido alfa-lipóico.
A condição provoca hipoglicemia e anticorpos dirigidos contra a própria insulina do corpo sem terapia insulínica.
A segurança do ácido alfa-lipóico em mulheres grávidas ou que amamentam, crianças ou pessoas com doença renal ou hepática é desconhecido.

Possíveis Interações Medicamentosas
O ácido alfa-lipóico pode melhorar o controle de açúcar no sangue, para que as pessoas com diabetes que estão a tomar medicação para baixar o açúcar do sangue, tais como a metformina (Glucophage), glibenclamida (Diabeta, Glynase), só deve tomar ácido alfa-lipóico, sob a supervisão de um profissional de saúde qualificado e ter seus níveis de açúcar no sangue cuidadosamente monitorizados.

Estudos em animais indicam que o ácido alfa-lipóico pode alterar os níveis de hormônio tireoidiano, por isso teoricamente poderia ter o mesmo efeito em seres humanos. As pessoas que tomam medicamentos para tireóide, como levotiroxina deve ser monitorada pelo seu médico.

Comentários/Opiniões Reais e Confirmados

Path: > > > ALA Scitec - Ácido alfa-lipóico - Super Antioxidante 50 caps de 250mg

Los clientes que adquirieron este producto también compraron:

26 productos más en la misma categoría: