Promo ! Cháema nº16 - Tisana 100Gr

Cháema nº16 - Tisana 100Gr

Neuf

No reward points for this product.


4,24 € TTC

Ajouter à ma liste d'envies

Aceitamos Multibanco, Transferência, Payshop, Visa, Western Union, Boleto, Etc...
Aceitamos Multibanco, Transferência, Payshop, Visa, Western Union, Boleto, Etc...

En savoir plus

CHÁEMA® Nº16

Usado tradicionalmente para estimular a digestão. Ajuda a atingir e a manter um peso adequado.

INGREDIENTES:  Cavalinha 20%, Sene 20%, Amieiro Negro 15%, Algas marinhas 15%, Sabugueiro 15%, Urtiga Vulgar 15%

MODO DE USAR: Pode tomar 1 chávena 3 vezes ao dia, de preferência depois das refeições.

 

APRESENTAÇÃO: Tisana 100 gr.


ALGAS MARINHAS

A sua designação em Latim é Fucus vesiculosus. Algas da costa do Atlântico Norte e do Mediterrâneo Ocidental. Em algumas zonas do Oceano Atlântico cobre grandes superfícies, conhecida como mar dos sargaços. Pertence à família das Fucáceas, sendo utilizado o talo. É constituída por oligoelementos e sais minerais, iodo, bromo, oligo-holósidos, constituintes amargos, vitaminas e pró-vitaminas A e D, lípidos e fucosterol. Apresenta as seguintes propriedades:

. Dietas de emagrecimento;
. Inibem o apetite, pois causam uma sensação de saciedade;
. Em casos de fadiga e cansaço, pelos nutrientes que possuem;
. Facilitam o trânsito intestinal, graças à sua riqueza em fibras e mucilagens;
. Estimulante da tiróide, sendo útil em caso de hipofunção da glândula tiroideia;
. Externamente, em ulcerações dérmicas e hemorragias superficiais.

AMIEIRO NEGRO

A sua designação em Latim é Rhamnus frangula. De arbusto a árvore, da Europa não mediterrânica e do Nordeste dos Estados Unidos da América, cresce nas margens dos cursos de água, em terrenos ácidos e húmidos. Pertence à família das Ramnáceas, sendo utilizadas as cascas secas do tronco e ramos. É constituída por compostos antraquinónicos livres e sob a forma de heterósidos (frangulósidos), amido, matérias gordas, fitoesteróis, saponósidos e sais minerais. Apresenta as seguintes propriedades:

. Purgativo;
. Na obstipação;
. Colagogo em doses baixas.

CAVALINHA

A sua designação em Latim é Equisetum arvense L. Planta herbácea vivaz, nativa da Europa, Norte de África, Sul da Ásia e América em solos argilo-silicosos, húmidos e sombrios. O Equisetum constitui o único género da família das Equisetáceas, descrito por Lineu em 1753, utilizando-se as partes aéreas estéreis. É constituída maioritariamente por sais minerais (em particular os silícicos, potássicos e magnésicos), heterósidos de flavonóides, taninos, vitamina C, ácidos fenólicos, manitol e inositol. A sua composição química é formada por grande quantidade de silício e quantidades menores de cálcio, ferro, magnésio, sódio, taninos, entre outros. Apresenta as seguintes propriedades:

. Remineralizante;
. Tonificante do tecido conjuntivo;
. Aumenta as defesas imunitárias;
. Diurética;
. Adstringente do tracto urinário;
. Útil em casos de infecções urinárias e na prevenção da litíase;
. Participa na calcificação dos ossos;
. Estimula o metabolismo cutâneo;
. Fortalece unhas e cabelos;
. Externamente, em feridas e queimaduras.

SABUGUEIRO

A sua designação em Latim é Sambucus nigra. Arbusto nativo da Europa, Ásia Ocidental e Central, Norte de África, cresce em bosques e terrenos incultos. Encontra-se em sebes, margens dos campos e dos cursos de água. Pertence à família das Caprifoláceas, sendo utilizada as flores, algumas vezes os frutos, folhas e cascas. É constituída por flavonóides (isoquercitrina, quercetrina e seus heterósidos, rutina e hiperósido), ácidos fenólicos, mucilagens, antocianinas, ácidos triterpénicos, fitosteróis e sais potássicos.

Apresenta as seguintes propriedades:
. Nas gripes;
. Nas inflamações das vias respiratórias (tosse e bronquite);
. Hemorroidal e fragilidade capilar.

A casca apresenta as seguintes propriedades:
. Na oligúria;
. Na litíase renal;
. Diurética;
. Adstringente;
. Cicatrizante.

Os frutos apresentam as seguintes propriedades:
. Diurético;
. Diaforético;
. Laxantes;
. Externamente, no edema e na inflamação reumatismal.

SENE

A sua designação em Latim é Cassia angustifolia. Subarbusto perene, nativo da Arábia e África Oriental, muito cultivado na Índia. Pertence à família das Cesalpináceas, sendo utilizadas os folíolos (folhas) e os folículos (frutos). Ambos apresentam constituintes antracénicos, mucilagens, flavonóides, resinas, ácidos orgânicos e fitosteróis.
Apresenta as seguintes propriedades:

. Purgante;
. Na obstipação funcional transitória;
. Antes da realização de exames radiológicos ou endoscópicos e intervenções cirúrgicas que exijam um esvaziamento intestinal completo;
. Colagogo em doses baixas.

URTIGA OU URTIGA VULGAR

A sua designação em Latim é Urtiga dioica. Planta vivaz de regiões temperadas da Europa, África Austral, Andes e Austrália, em locais cultivados, húmidos e sombrios. Pertence à família das Urticáceas, sendo utilizadas as partes aéreas floridas e a raiz. As partes aéreas floridas são constituídas de flavonóides, sais minerais, ácidos orgânicos, pró-vitamina A, mucilagens, beta-sitosterol, vitaminas C e do complexo B e nitratos. Nos tricomas (pêlos urticantes) encontra-se acetilcolina, histamina, serotonina e ácido fórmico. As raízes são constituídas por taninos, linhanos, fitosteróis (beta-sitosterol), ceramidas, fenilpropanos, polifenóis, monoterpenóides, lectinas, polissacáridos e sais minerais.

As partes aéreas floridas apresentam as seguintes propriedades:
. Diurética;
. Nos processos inflamatórios das vias urinárias;
. No tratamento de cálculos renais;
. Na terapêutica de suporte em reumatismos;
. Externamente, em caso de reumatismo.

As raízes apresentam as seguintes propriedades:
. Nas dificuldades de micção na hiperplasia benigna da próstata (graus I e II);
. Diurética;
. Nas inflamações genito-urinárias.

Comentários/Opiniões Reais e Confirmados

Path: > > > Cháema nº16 - Tisana 100Gr

20 autres produits dans la même catégorie :